Para QUEM serve o espiritismo

Para QUEM serve o espiritismo

3 minutos A teoria moral espírita original, que está fundamenta pelo conceito de autonomia moral, não é um conjunto de regras para ser seguido como crença cega. A grande maioria das igrejas e seus cleros pregam a obediência e submissão como condição para aquele que deseja ser salvo. O espiritismo, por sua vez, afirma que, para que se possa aproveitar dos ensinamentos dos espíritos é preciso ter um entendimento perfeito de suas ideais. Segundo Allan Kardec, “a fé cega já não é deste século, Continue lendo

A teoria e a revolução

A teoria e a revolução

2 minutos Pretendemos demonstrar na obra Revolução Espírita – a teoria esquecida de Allan Kardec que a doutrina dos espíritos defende e fundamenta uma revolucionária moralidade descoberta na era moderna, a autonomia moral ou o autogoverno. Durante milênios, as religiões tradicionais e seu clero sustentaram a moral como sinônimo de submissão a um deus que castiga e condena por toda a eternidade aqueles que ousam enfrentar suas ordens, perdoando e deixando todas as recompensas aos obedientes e submissos, quando chegasse o fim do mundo. Continue lendo

A revolução espírita

A revolução espírita

menos de 1 minuto Uma revolução nas ideias certamente produzir outra na ordem das coisas. É esta revolução que o Espiritismo prepara”, afirmou Allan Kardec. O que teria entusiasmado um intelectual francês do século 19 a reconhecer na teoria espírita o potencial de transformar o mundo? No entanto, esse entusiasmo não corresponde ao que hoje se divulga. Sejam opositores ou simpatizantes, adeptos ou divulgadores, todos desconhecem o verdadeiro espiritismo. A revolução espírita está esquecida. Depois de décadas de pesquisa em fontes primárias, documentos inéditos; Continue lendo