Maat, o símbolo egípcio da harmonia universal

Tempo de leitura: 3 minutos

O lançamento de Revolução Espírita, a teoria esquecida de Allan Kardec inaugura o selo Editora Maat. Muita gente tem perguntado sobre o significado dessa palavra, Maat, e porque ela foi escolhida para dar nome à editora.

Na cultura do antigo Egito, Maat é a deusa da harmonia universal, representada pela pena de avestruz ou por uma deusa ornamentada com ela, como está retratada no logotipo da Editora, na figura abaixo. Responsável pela ordem cósmica e social; conceitua a ética, a verdade e a justiça. O egípcios, há mais de 4 ou 5 mil anos, já adotavam a ideia de que todo o universo é regido por uma só lei. Tanto o mundo físico quanto o moral. Os dois, inclusive, estavam relacionados. Para eles, haviam ciclos naturais que regiam os fenômenos da natureza. Os sacerdotes estudavam e registravam suas descobertas. Eles conheciam os movimentos regulares dos astros, as durações de meses e anos, os ciclos naturais do tempo, as fases do clima. O povo do Egito dependia das inundações que causavam a fertilidade do solo, e conheciam minuciosamente esses fenômenos para produzir a abundância de alimentos.

Maat é a pena com a qual se pesa na balança o coração, na cena egípcia do julgamento da alma após a morte. O coração era o símbolo da alma que sobrevive após a morte, com sua personalidade, moral e conhecimentos conquistados durante a vida. O julgamento após a morte é uma representação da tomada de consciência que se deve fazer depois da morte, deparando-se com o quanto progredimos na compreensão da lei universal, vida após vida. Um dos mais importantes conceitos da antiguidade, Maat representa harmonia universal, lei única que rege tanto o mundo físico quanto o moral.

É claro que muitos sacerdotes abusavam de seu conhecimento e habilidade para dominar as multidões. Eles faziam previsões, usavam a mediunidade e o sonambulismo, tudo para demonstrar poderes mágicos e superiores, como se fossem escolhidos dos Deuses.

Com o tempo, essas ideias ancestrais, com o mundo moderno, influenciaram aqueles que buscavam compreender a natureza. Homens como Kepler, Galileu e Newton, leitores dos textos antigos, conheciam esse conceito da sabedoria antiga, que atravessou milênios e os inspirou a buscar na natureza uma regularidade, uma harmonia universal responsável por regular os fenômenos. A busca dessas leis universais válidas para todo o cosmo deu início à ciência moderna.

Editora MaatAs obras que darão início ao acervo da Editora Maat tratam do magnetismo animal de Franz Anton Mesmer e de Allan Kardec, e o espiritismo.

Para o médico Mesmer, a harmonia universal está representada em nosso organismo pelo estado de equilíbrio ou saúde, tendo ele descoberto sua restauração pela terapia do magnetismo animal. Para a doutrina espírita, apresentada por Allan Kardec, “a ação do mundo invisível sobre o mundo visível e reciprocamente, é uma das leis, uma das forças da natureza, tão necessária à harmonia universal, quanto a lei de atração” (Obras póstumas). Desse modo, o mundo moral é regido por leis naturais, e a futura harmonia da humanidade terrena, solidária e feliz, um fato inevitável.

O nome Maat é uma homenagem à milenar busca da humanidade pela compreensão da lei criada por Deus para, em todos os tempos, dirigir a evolução dos universos, dos mundos, das espécies, e dos espíritos. Estes são primeiramente regidos pelos instintos e paixões, mas depois evoluem pela mais ampla liberdade, autônomos, participes voluntários e competentes na manutenção da harmonia universal, fonte de toda a solidariedade, cooperação e felicidade que permeia a comunidade universal!

6 Comentários


  1. Quero adquirir o livro. Onde posso encontrar?Obrigada

    Responder

    1. Olá, Francisca, tudo bem? O livro pode ser encontrado em livrarias. No entanto, você poderá recebê-lo em casa, acessando candeia.com.br

      Responder

  2. Olá! Vi no final do livro “Revolução Espírita” uma propaganda sobre o relançamento do livro “Mesmer: a ciência negada e os textos escondidos”. Poderiam informar qual a previsão para este relançamento? Há muito tempo procuro este livro e só encontro à venda em sebos online por um preço muito abusivo. Infelizmente não o adquiri na época em que estava nas livrarias e depois foi tarde demais. Desde já agradeço a todos os responsáveis pela intenção de republicar esta obra. Abraços!

    Responder

    1. Olá, Welson. Realmente, desde que foi esgotada a terceira edição do livro “Mesmer – a ciência negada”, os exemplares usados ficaram muito caros pela procura. No entanto, no início de 2017, a obra será relançada pela Editora Maat, na coleção de “Revolução Espírita”. O texto foi revisado e ampliado, considerando as novas pesquisas sobre magnetismo animal e espiritismo. Agradecemos o seu interesse, e acompanhe pelo blog que anunciaremos o lançamento em breve!

      Responder

  3. Boa tarde Paulo, parabens pela obra e pelo resgate de Mesmer, pelo Espiritismo “in natura” de Kardec, bem diferente desse espiritismo genérico que vemos por aí.
    A sua obra é uma trilogia? Se for qdo será lançado o proximo livro?
    Tentei adquirir o livro Mesmer pela Lachatre na ocasião do primeiro lançamento,mas estava esgotado.Consegui no Feirão de Livros da Megalivros em Santo André.
    Abraços

    Responder

    1. Olá, Gilberto. Trata-se, realmente, de uma trilogia. A previsão de lançamento da terceira obra é finais do próximo ano, 2018. O livro Mesmer foi relançado, está com sua quarta edição revista e ampliada. Procure em candeia.com. abraços!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *