Kardec afirma: “Magnetismo animal e Espiritismo são duas ciências gêmeas”. Saiba por quê.

Tempo de leitura: 5 minutos

Por Paulo Henrique de Figueiredo

Foi fundamental a influência das ideias de Mesmer na revolução moral do século 19, o espiritismo. Allan Kardec, antes de se dedicar aos estudos dos fenômenos espíritas, durante a sua brilhante carreira como escritor e educador, havia estudado a ciência de Mesmer durante trinta e cinco anos. E as relações entre magnetismo animal e espiritismo são para ele tão basilares que ele afirmou, numa Revista Espírita de 1869, num momento conclusivo de sua obra:

O magnetismo e o Espiritismo são, com efeito, duas ciências gêmeas, que se completam e se explicam uma pela outra, e das quais aquela das duas que não quer se imobilizar, não pode chegar a seu complemento sem se apoiar sobre a sua congênere; isoladas uma da outra, elas se detêm num impasse; elas são reciprocamente como a física e a química, a anatomia e a fisiologia. A maioria dos magnetistas compreende de tal modo por intuição a relação íntima que deve existir entre as duas coisas, que se prevalecem geralmente de seus conhecimentos e magnetizam, como meio de introdução junto aos espíritas. (Revista Espírita de 1869, página 7).

Segundo Kardec, magnetismo animal e espiritismo “se completam e se explicam” mutualmente, e as duas não poderiam se separar, pois isso faria com que caísse num “impasse”, se imobilizando! São fortes e graves afirmativas num momento em que o espiritismo já estava estabelecido com a publicação de todas as obras que o fundamentavam, foi uma reflexão de um momento lúcido e conclusivo de seu legado. Mas essa não era apenas a opinião pessoal do professor Rivail, mas também a dos espíritos superiores que lhe transmitiram os ensinamentos que fundamentaram a doutrina espírita:

O Espiritismo liga-se ao Magnetismo por laços íntimos (essas duas ciências são solidárias uma com a outra); (…) Os Espíritos sempre preconizaram o magnetismo, seja como meio curativo, seja como causa primeira de uma multidão de coisas; eles defendem sua causa e vêm prestar-lhe apoio contra seus inimigos. (Revista Espírita de 1858, página 188).

Atualmente, tanto a homeopatia quanto o espiritismo contam com milhões de simpatizantes, e, apesar da estrutura acadêmica ainda submeter às suas instituições uma dogmatismo radical materialista, ambas possuem pesquisadores, divulgadores e estudiosos que recuperam e permitem estendem aos indivíduos os benefícios de suas práticas. Os benefícios práticos dos remédios homeopáticos são incontestáveis pela prática secular desde Hahnemann. E os benefícios morais e sócias da doutrina espíritas consolam e motivam aqueles que estudam as obras de Allan Kardec. Por outro lado, a descoberta do sonambulismo provocado abriu caminho para a pesquisa da hipnose, psicologia, psiquiatria, e outros ramos. Acreditamos que a tradução das obras fundamentais de Franz Anton Mesmer, uma nova biografia e a contextualização de sua medicina na cultura da época, que realizamos nesta obra, irá permitir uma compreensão mais ampla e legítima dessas ciências todas, como anunciaram seus próprios fundadores.

Quanto ao espiritismo, podemos confirmar o que disse Kardec ao assegurar o quanto o magnetismo animal a explica e completa, pois a pesquisa dessa nossa primeira obra, Mesmer – a ciência negada do magnetismo animal nos levou a descobrir o verdadeiro caráter da proposta espírita, relatado em Revolução Espírita – a teoria esquecida de Allan Kardec. O fundamento da cura e do sonambulismo descobertos por Mesmer está no conceito filosófico da autonomia. Não são remédios que curam, mas o próprio organismo do enfermo que recupera sua harmonia, pelos esforços naturais de sua fisiologia. E o sonambulismo provocado revela todo o potencial da alma, causa da individualidade que nos representa. Por sua vez, o espiritismo vai demonstrar toda a força da autonomia moral, como instrumento de transformação social pela adesão voluntária e consciente de cada indivíduo de nosso planeta. Ao contrário da moral heterônoma proposta pelas religiões tradicionais e pela ideologia materialista, que submete o indivíduo aos castigos e recompensas para agir submisso ás leis externas a si mesmo, a autonomia moral o leva a agir de acordo com as leis naturais presentes em sua própria consciência, transformando-o em agente livre da regeneração da humanidade.

Em sendo ciências gêmeas, magnetismo e espiritismo, também essas duas obras Mesmer e Revolução Espírita se comunicam e explicam mutuamente. Os pressupostos da recuperação que estas obras representam são harmônicos com quem acredita na regeneração da humanidade pela superação dos preconceitos e privilégios e o estabelecimento futuro de uma sociedade fundamentada na oportunidade para todos, valorização da diferença e da diversidade. Foi com essa esperança que Kardec terminou seu artigo, ao afirmar:

Tudo prova, no desenvolvimento rápido do Espiritismo, que ele também terá logo seu direito de cidadania; a espera disso, aplaude com todas as suas forças a categoria que acaba de alcançar o Magnetismo, como a um sinal incontestável do progresso das ideias. (Idem, ibidem).

Oferecemos, enfim, ao leitor da obra Mesmer – a ciência negada do Magnetismo Animal, a oportunidade de conhecer o pensamento de Franz Anton Mesmer afastado do preconceito e escárnio pelo qual foi injustamente negado no século 20. Ele indicou caminhos que deixamos de pisar depois da imposição do materialismo como única verdade aceita. Suas ideias sobre justiça social, medicina, psicologia, e tantos outros ramos do conhecimento são inspirações válidas para o debate contemporâneo, na busca por soluções para a atual crise moral da humanidade.

5 Comentários


  1. Boa noite
    gostaria de saber onde comprar o livro
    REVOLUÇÃO ESPIRITA

    Sou trabalhador da Soc. Esp. 3 de Outubro
    Rua Clelia, 669 Lapa

    Valdir Jose Sivieri (11)3975-3536
    (11) 9 9347-1712

    Responder

    1. Olá, Valdir, tudo bem? Você pode pedir o livro Revolução Espírita (e também Mesmer – a ciência negada do magnetismo animal, por Paulo Henrique de Figueiredo), com um bom desconto, nos sites: candeia.com ou mundomaior.com.br. Após a compra você receberá a obra pelos correios. Abraços!

      Responder

  2. Paulo, parabéns pela sua pesquisa e edição destas duas obras imperdíveis. Gostaria de perguntar como você acha que deve funcionar o serviço de passes nas sociedades espíritas, a partir do conhecimento da ciência do Magnetismo Animal? Obrigado!

    Responder

  3. Boa noite,
    Gostaria de saber se existe alguma perspectiva de disponibilizar ambas obras em formato digital; sou deficiente visual, espírita desde os 15 anos, e considero importantíssimo o abandono das perspectivas incorretas consolidadas na doutrina, sobretudo no que concerne à explicação das aflições; tenho usado muitos dos argumentos dos artigos quando tenho oportunidade de falar, mas obviamente nada substitui a leitura integral.

    Responder

    1. Olá Franciele, já estamos nos organizando para lançar as obras em formato digital. Elas serão disponibilizadas provavelmente no próximo ano. Obrigado pelo incentivo!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *