Ciência espírita

Kardec abandonou a teoria do fluido vital em sua obra de conclusão, A Gênese!

Kardec abandonou a teoria do fluido vital em sua obra de conclusão, A Gênese!

4 minutos Kardec abandonou a teoria do fluido vital em sua obra de conclusão, A Gênese. Mesmer, criador do Magnetismo Animal, nunca foi fluidista. A teoria do fluido vital foi completamente falseada pela ciência. Esses e outros fatos são de fundamental importância para compreender as relações entre as ciências do Magnetismo Animal (criada por Mesmer) e o Espiritismo, consideradas gêmeas por Allan Kardec. O fluidismo foi criado no século 19 por seguidores de Mesmer que negavam sua teoria original, baseada no Fluido Cósmico Universal, Continue lendo

A defesa consciente do legado de Allan Kardec

A defesa consciente do legado de Allan Kardec

4 minutos Por Antonio Leite (Nova Iorque) As provas de origem primária e irrefutáveis que o Paulo Henrique de Figueiredo carreou para o bojo de sua extraordinária obra de pesquisa, Revolução Espírita, a teoria esquecida de Allan Kardec, as quais são agora efusivamente referendadas e de forma irretocável, porém apenas em parte, pela excelente obra de Simoni Privato Goidanichi, El Legado de Allan Kardec, certamente despertarão nos espíritas em geral um grande interesse pelo estudo do conjunto das obras de Allan Kardec. E é Continue lendo

Um conceito fundamental de Allan Kardec em A Gênese foi adulterado!

Um conceito fundamental de Allan Kardec em A Gênese foi adulterado!

2 minutos Um conceito fundamental de Allan Kardec foi adulterado! A adulteração de A Gênese em sua quinta edição alterou extirpou conceitos doutrinários. Eles ficaram desconhecidos por 150 anos! Está na hora de recuperá-los. Conheça um deles agora. Os dogmas religiosos das mais diferentes religiões ancestrais afirmam que Deus nos deu o livre-arbítrio com a condição de que devemos obedecê-lo fielmente. Quem escolher errado, será castigado, sofrerá a queda, enfrentando as dores, ignorância, medo, todo tipo de abandono e sofrimento no mundo. Depois arrependido, Continue lendo

Inédito: vídeo revela a adulteração da obra de Kardec!

Inédito: vídeo revela a adulteração da obra de Kardec!

2 minutos Inédito: vídeo revela a adulteração da obra de Kardec! Acaba de ser divulgado um vídeo depoimento da pesquisadora e diplomata brasileira Simoni Privato, autora da obra El Legado de Allan Kardec, com cenas de sua pesquisa em documentos na Biblioteca Nacional da França para definitivamente provar que a versão mais divulgada da obra A Gênese de Allan Kardec foi adulterada criminosamente, privando os espíritas de conhecer a mensagem original da Doutrina Espírita. Tudo ocorreu quando da publicação da quinta edição da obra, Continue lendo

Como pesquisar o Espiritismo?

Como pesquisar o Espiritismo?

1 minuto Como pesquisar o Espiritismo? A recuperação das ideias originais da obra de Allan Kardec é uma urgência. Muitas dos conceitos fundamentais, e até mesmo os fatos históricos, foram deturpados por obras ingênuas ou mal intencionadas. Um exemplo interessante está no fato de o professor Rivail ter nascido em Lyon, na França. Está indicado em sua certidão de nascimento. Todavia, examinando esse fato, e não se encontrando mais indicações sobre sua infância, a casa onde morou e outros detalhes, alguns escritores fizeram uso Continue lendo

O primeiro livro espírita brasileiro não tinha nada de ingênuo ou igrejeiro

O primeiro livro espírita brasileiro não tinha nada de ingênuo ou igrejeiro

1 minuto O primeiro livro espírita brasileiro é atual e surpreendente! Foi escrito em 1865 (Kardec estava em pleno vapor), por Manuel de Araújo Porto-Alegre, “Cartas sobre o Espiritismo”, veja como ele tratou sobre políticos e corrupção no seguinte trecho: “Todos os males do Brasil provêm da ambição dos seus guias, do egoísmo da maioria dos homens políticos, e da indolência e credulidade do povo, que é como todos os povos enganados. Raríssimos têm sido os deputados que sacrificaram a sua votação futura à Continue lendo

A Doutrina Espírita se aplica à Física moderna?

A Doutrina Espírita se aplica à Física moderna?

3 minutos O Espiritismo se aplica à Física moderna? Por Paulo Henrique de Figueiredo, autor de Mesmer – a ciência negada do magnetismo animal e Revolução Espírita – a teoria esquecida de Allan Kardec.  Em virtude das mudanças de paradigma representadas pela Física Moderna alteraram-se e muito as bases conceituais da filosofia dessa ciência; distanciando os raciocínios utilizados nos tempos de Kardec entre os físicos, absolutamente mecânicos, para pensamentos profundos que a dinâmica, ondulatória, relatividade e quântica proporcionam. Constato, também, que algumas teorias atuais Continue lendo

O Espiritismo afirma que Deus não foi criado mas sempre criou. Como é possível?

O Espiritismo afirma que Deus não foi criado mas sempre criou. Como é possível?

2 minutos O debate sobre o tempo se manteve filosófico até o século 19. Era a medida da sucessão das coisas. Sei o que é, mas não sei defini-lo, dizia Agostinho. Mas depois das ideias de grandes físicos como: O francês Henri Poincaré (1854-1912), o neerlandês que elaborou as equações base da relatividade geral, Hendrik Lorentz (1853-1928), e o mais conhecido Einstein (1879-1955) Esses  pensadores forjaram a física moderna, e nela o tempo se integrou com as dimensões espaciais, que eram três físicas e Continue lendo

Existe espírita kardecista? Ou se trata de um equívoco?

Existe espírita kardecista? Ou se trata de um equívoco?

4 minutos Espiritismo kardecista? Quando criança minha família era espírita desde meus avós, pais, irmãos. Em casa, coisas como mediunidade, espíritos, obras de Kardec, reuniões mediúnicas, efeitos físicos, aulas, seminários, médiuns e escritores espíritas, faziam parte do cotidiano.  Mas naquele tempo (é estranho poder falar isso: “naquele tempo”, deveria deixar essa expressão para quem já viveu 70 ou 80 anos, mas aos 50, peço licença) havia preconceito com quem fosse espírita. Mais ainda se fosse de umbanda, candomblé ou qualquer cultura africana ou afro-brasileira. Continue lendo

O Espiritismo não tem filiação, não é confraria, nem associação. É o que afirmou Kardec.

O Espiritismo não tem filiação, não é confraria, nem associação. É o que afirmou Kardec.

2 minutos Para ser espírita é preciso fazer parte de uma sociedade? Participar de reuniões periódicas? Ter-se formado em cursos de habilitação? Carregar um diploma? Vamos ver que nada disso é necessário para ser espírita, como explicou Allan Kardec. Uma característica importante da autonomia moral, base fundamental da teoria espírita, como pretendemos demonstrar na obra Revolução Espírita, está no fato de que, por sua própria definição, deve ser adquirida por um esforço racional a partir de uma iniciativa espontânea e desinteressada. Dessa forma, ninguém Continue lendo